Buscar
  • Sindicato Sindicato dos Frentistas

Perda no saldo do FGTS chega a 88,3%

Sindicalize-se e recupere o saldo do seu FGTS


Criado em 1967 com o objetivo de proteger os empregados demitidos sem justa causa, o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) virou nos últimos anos sinônimo de perda para os trabalhadores. A correção faz com que o ganho no fundo seja muito inferior à inflação, pois desde 1999, a alta de preços foi 88,3% maior. E a correção no FGTS não acompanhou o índice inflacionário. Em função disso, você está sendo prejudicado.

A Lei que rege o fundo estabelece que as contas devam ser atualizadas com correção monetária, chamada também de Taxa Referencial e mais juros de 3% ao ano. O valor deste índice é estipulado pelo Governo Federal e não pode ser modificado. Porém, as variações da TR (Taxa Referencial), vêm sendo muito inferiores à da inflação medida pelo índice de Preços ao Consumidor Amplo. Caso a taxa acompanhasse a variação da inflação o rendimento teria sido próximo de 9% no ano passado.

O Governo Federal não está corrigindo o saldo do fundo de garantia como determina a Lei. Portanto, o Sindicato dos Frentistas de São José dos Campos, Vale do Paraíba e Região está propondo ações coletivas na justiça federal.

Procure o Sindicato para resgatar essa perda e vamos juntos mover essa ação contra o estado.

4 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo